LIBRARY DAVID DANIELS

Jorge Luiz Antonio

It is fascinating to discover we make friends without personally knowing them. The honesty, the transparency, the kindness, the empathy, the sympathy, all this we can see through e-mails, letters, artistic activities and even in very simple kindness that we receive with surprise. The art of the word reveals friends. That web friend is, in fact, a link in the net of friendships that weaves our life and encourages us to live.

That is the way we can speak about David Daniels, this great poet and special human being who lives in other America, but is as if he were too close, next to us, sharing our day by day.

His "your friend" at the end of the e-mails is not just a courtesy expression, but it is his natural, human, kind conduct.

The poet David Daniels is also of a quite significant greatness. Who is not curious with the treatment that was given to The Gates of Paradise, when noticing that each "gate" is a phase of his life or a site of his friends? Isn´t it fascinating to follow the poet's autobiographical trajectory in Years? Isn´t it interesting to find that Humans is a poetic construction of his readings (the greatest authors which made part of your gorgeous culture) and of his friends?

Creating the David Daniels Library in The Museum of the Essential and Beyond That is a natural, nice, and spontaneous gratitude to that web friend who spreads happiness everywhere he passes.

As well as he has been including, in The Gates of Paradise and in Humans, his real, virtual and of readings (the great authors that form his amazing erudition) friends, the Museum of the Essential and Beyond That judged essential to give the name of David Daniels to one of its libraries as a form of friendship and gratitude to the kind friend, that, beyond that, is a tireless poet that always rejuvenates each new work he has been creating.

 
 

BIBLIOTECA DAVID DANIELS

Jorge Luiz Antonio

É fascinante descobrir que fazemos amigos sem conhecê-los pessoalmente. A sinceridade, a transparência, a bondade, a empatia, a simpatia, tudo isso podemos ver por intermédio de e-mails, cartas, atividades artísticas e até em simples simples gentilezas que recebemos com surpresa. A arte da palavra revela amigos. Esse web friend é, de fato, um elo na rede de amizades que nos tece a vida e nos anima a viver.

É assim que podemos falar de David Daniels, esse grande poeta e ser humano especial que mora na outra América, mas é como se estivesse ao nosso lado, compartilhando o nosso dia-a-dia.

O seu “your friend” no final dos e-mails não é apenas uma expressão de cortesia, mas é a sua conduta natural, humana, bondosa.

O poeta também é de uma grandeza bastante significativa. Quem não fica curioso com o tratamento que foi dado a The Gates of Paradise, ao notar que cada “gate” é uma fase da vida ou um site  de um amigo? Não é fascinante acompanhar o percurso autobiográfico do poeta em Years? Não é interessante descobrir que Humans é uma construção poética de suas leituras e dos seus amigos?
Criar a Biblioteca David Daniels em O Museu do Essencial e do Além Disso é um agradecimento natural, simpático, espontâneo a esse web friend que espalha alegria por onde passa.

Assim como ele foi incluindo, em The Gates of Paradise e em Humans os seus amigos reais, virtuais e de leituras (os grandes autores que formam a sua erudição admirável), o Museu do Essencial e do Além Disso julgou essencial dar o nome de David Daniels a uma de suas bibliotecas como uma forma de amizade e agradecimento ao gentil amigo, que, além disso, é um incansável poeta que sempre se renova a cada nova obra criada.