http://www.narrativasdigitais.eba.ufrj.br/animaalice/

Conceito:

Animaalice é um trabalho em net-art, produzido por estudantes da Escola de Belas Artes - UFRJ, sob a coordenação do professor, artista e pesquisador Guto Nóbrega. Trata-se da construção de uma interface digital com base na história ?Alice no País das Maravilhas?. Muitas versões de Alice ganharam vida após Carroll, desde animações, como a produzida pelos tradicionais estúdios da Disney, até hipertextos e games para computador. Nosso projeto não pretende ser uma versão a mais da conhecida história, mas antes, busca desenvolver uma rede de pequenas interfaces que permitam, através de seu conjunto, mapear um território de sensações e acontecimentos. A idéia motriz deste projeto se fundamenta na hipótese de que uma nova produção de sentido venha a ser formulada a partir da interação com estruturas narrativas baseadas nas novas tecnologias da informação.

 

Optamos por iniciar nossa interface através de uma pequena história que nos introduz ao universo de Animaalice. Este início é dividido em três pequenas etapas: o convite, a festa e o beijo. Estas etapas, se seguidas linearmente, nos colocam frente ao sistema de portas que é a interface de passagem para 12 capítulos, ou, como chamaremos, ?12 layers?, dispostos de forma não linear.

 

Cada layer refere-se a um capítulo de ?Alice no País das Maravilhas?, sendo eventos criados a partir de seu repertório. São portas que permitem acessar animações, vídeos, fotografias, desenhos, sons, grafismos, ou outro fragmento poético que sirva de mapeamendo deste universo o qual chamamos de Animaalice.

 

O projeto Animaalice é um trabalho colaborativo em expansão. Sua idéia motriz é a de que, através da navegação no sistema, novos eventos sejam pensados, gerados e enviados ao projeto. Cada nova contribuição selecionada será lincada a interface ampliando sua rede. Dessa maneira Animalice é pensado como um organismo vivo que cresce e se modifica à medida que novas contribuições e interações venham a ocorrer .

Guto Nóbrega